www.jardineirasdeplantao2.blogspot.com


quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Oficina Pedagógica de nível I - Concafras de Uberlândia 2018

Um dia excepcional tivemos de Oficina Pedagógica com os evangelizadores do nível I. Estudamos sobre a metodologia de trabalho na Escola de Evangelização Infantil, seus temas centralizadores, recursos didático pedagógicos e sua importância, filosofia de trabalho baseada nas instruções dos espíritos e de acordo com os relatos de atividades no mundo espiritual. Colocamos a mão na massa pois no momento da confecção dos materiais estamos imprimindo sentimento, vibrando e automaticamente estamos em tratamento espiritual. Nosso muito obrigada a todos que lá estiveram. Que Jesus, nosso guia e modelo seja sempre o farol a iluminar esse caminho tão abençoado de esclarecimento das almas. Paz e luz a todos!!!


 Agradecimento especial à minha mais nova amiga e companheira de trabalho, Tatiana Craveiro, de Manaus. Vejam que lindos sapatos ela confeccionou!!! Show!!!! 








Em Tintino conforme lembra Meimei, no prefácio, Francisca Clotilde reconstitui a saga autêntica de um palhaço sensível e afetuoso. Nessa "história-poema" encontramos a narrativa da vida de Tintino na Terra e sua continuidade no Plano Espiritual, quando recebe o salário dos Céus, destinado aos que distribuem no Mundo coragem e esperança, paz e alegria. Lembrar e enfatizar que a tarefa de evangelização das almas é ainda mais santificada e sublime, pois o objetivo maior é a transformação do planeta Terra em Reino de Deus. Agindo, todos nós evangelizadores, como colaboradores nesse Planejamento Divino.

Concafrinhas Uberlândia 2018

Verdadeiro rastro de luz, refrigério para nossas almas e bênçãos sem medida foram disseminadas nesse lindo banquete de arte espírita nesses dias de Concafras. Tudo tão lindo, sublime e especial. Foi simplesmente um espetáculo de beleza . Equipe muito unida, preparada e bem intuída em todo o processo e nos mínimos detalhes...  Cada recurso, cada decoração, cada apresentação mais significativa que a outra. Parabéns minha amiga Eliana e equipe. Agradeço de coração pois os comentários e aulas que recebi das minhas filhas foram encantadores. Vai meu agradecimento mais sincero, impossível conter tanta emoção!!!! Segue um pequeno registro pois não foi possível documentar tudo mediante às nossas atribuições no evento. 




















Vimos claramente no tema especial da Concafras que a maior carência do mundo é Jesus!!! Reflitamos sempre nos heróis que as crianças cultuam atualmente e foquemos todas as nossas forças, criatividade e empenho na confecção de recursos didático pedagógicos para alimentar a mente de nossos meninos tão carentes de orientações sadias e benéficas!!! Avante companheiros!! Vamos ser colaboradores de Jesus nessa empreitada Divina de transformação do nosso planeta Terra.
Ficou com um gostinho de quero mais? Eu também!!! 
Eliana!!! Quero estagiar com vocês!!!


Concafras PSE - 2018


“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém.” 
A 62ª CONCAFRAS -PSE foi realizada nos dias 10 a 13 de fevereiro de 2018 nas cidades de Campo Grande (MS) e Uberlândia (MG).


A CONCAFRAS-PSE – Confraternizacao das Campanhas de Fraternidade Auta de Souza e Promocao Social Espirita – e um encontro anual de trabalhadores espiritas.
Foi criada com a finalidade de dinamizar as Campanhas de Fraternidade Auta de Souza, porem hoje, possui diversos objetivos. Acontecendo há 62 anos, ininterruptamente, a CONCAFRAS-PSE não tem sede definitiva.
Trata-se de uma caravana de amor e fraternidade, constituindo-se de um movimento de caravaneiros, integrando o Movimento Espirita na Pátria do Evangelho, e não de um órgao. Sua presidência alterna-se anualmente, conforme a instituicao espírita que a patrocine.
Acontece sempre no período de Carnaval, contrapondo-se as trevas do momento mais triste do nosso país, conforme nos elucida o espírito Manoel Philomeno de Miranda em sua obra “Nas Fronteiras da Loucura”, psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco.
A CONCAFRAS-PSE tem deixado nas cidades por onde passou um rastro de luz, através da fundação e do aperfeicoamento de centenas de Campanhas de Fraternidade Auta de Souza e de trabalhos de assistência e promoção social espírita, além da divulgação da Doutrina Espírita de porta em porta, através da realização da Campanha de Fraternidade Auta de Souza por todos os caravaneiros que comparecem ao conclave, o que atinge milhares de lares todos os anos.

Depoimento de Nympho Correa

Uns três ou quatro meses após a criação da primeira campanha no Departamento de Assistência da Federação, com magníficos resultados não só na divulgação, como na arrecadação de gêneros alimentícios, roupas usadas, agasalhos, etc. Alguns irmãos, mais interessados, frequentadores de outros Centros Espíritas, nos procuraram com o fim de criarmos a campanha em seus Centros, o que realmente aconteceu. Assim foi que, após uns seis meses, já haviam várias campanhas funcionando, em vários bairros de São Paulo.
Com o crescimento das campanhas comecaram a surgir dúvidas e pequenos problemas que eu sentia dificuldade em sanar sozinho. (…).
No decorrer dos meses começaram a surgir pedidos para a criação de novas campanhas, só que em cidades diferentes como Jundiaí, Santos, Franca, Ribeirão Preto, etc.(…) Foi quando, depois de vários estudos e algumas reuniões com os diretores das campanhas, resolveu-se que, para melhor aproveitamento de todos, fosse organizada uma reunião anual com melhores estudos e mais tempo de preparação. (…).
E a primeira, que recebeu o nome de Concentração das Campanhas de Fraternidade Auta de Souza, foi realizada na cidade de Ribeirao Preto, no ano de 1957, tendo sido escolhido para o encontro, os dias do carnaval.
Daí pra frente, vem se realizando, sem interrupção, o que hoje se chama Confraternização das Campanhas de Fraternidade Auta de Souza e Promoção Social Espírita, com as mesmas intenções do início, porém com o acréscimo de novos estudos.
Esse Conclave mereceu tamanha assistência do Plano Espiritual e Material que no terceiro dia em seu conselho, já ficou resolvido o seu prosseguimento, tendo sido escolhida a cidade de Araçatuba – SP para sediar o segundo Conclave e assim por diante, ate hoje.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Dicas para o recesso




Porta-Chave com lindas mensagens espíritas. Você pode ir à marcenarias que costumam jogar fora esses retalhos de madeiras finas. Fizemos colagem com caixa de ovos e os ganchinhos para as chaves são 0,20 centavos cada.




Um dia de alegria cristã com contação de histórias. Sempre costumamos convidar amigos nossos de outras casas para nos presentear com a participação. Agradecemos muito a eles que estão sempre disponíveis.




É muito importante a criança se sentir pertencente, importante e capaz de  fazer. Dia de oficinas diversas: Música, pintura em tecido e jardinagem. 


Oficina de íma de geladeira também foi muito interessante. Disponibilizo os arquivos sem problema. Foram emplastificados e por trás são cartões de crédito velhos e descartaveis.

Esse é o nosso novo cantinho da leitura!!! Tudo reciclado! Pallets velhos e caixotes. Esse período também é ótimo para reorganização dos espaços, planejamento com a equipe, matrículas e visitas para não perder o vínculo com as famílias.


Férias no Centro Espírita?

1 – Há Centros Espíritas que fecham as portas nas férias escolares, interrompendo suas atividades. É razoável?

É lamentável. Entendo que o Centro Espírita deve funcionar em três níveis básicos: hospital, escola, oficina. A escola e a oficina podem entrar em férias. O hospital, jamais!
2 – Hospital?

Da alma. Desajustes físicos e psíquicos que nos perturbam podem ser amenizados com os recursos mobilizados pelo Centro Espírita: passe magnético, água magnetizada, entrevista fraterna, palestras doutrinárias, orientação literária… Deve ser trabalho permanente, sem pausas, sem solução de continuidade.

3 – Como definiríamos a escola?

A escola no Centro Espírita está representada pelos cursos ministrados aos interessados, focados nas obras básicas e complementares da Doutrina Espírita e em roteiros elaborados pelos órgãos de unificação. 

4 – E a oficina?

Seriam as atividades no campo filantrópico, o atendimento à população carente, de importância fundamental, porquanto representam não apenas o exemplo que o Centro Espírita deve oferecer, mas, também, a oferta de oportunidades aos frequentadores de exercitarem a caridade, o melhor recurso em favor de nosso bem-estar.

5 – Dirigentes que fecham o Centro nas férias escolares alegam que os próprios voluntários saem de férias e não há quem sustente o serviço.

Em primeiro lugar é preciso definir se esses dirigentes não são autocratas, se não o fazem por conveniência própria, ao saírem de férias, imaginando que sem eles o Centro não pode funcionar. Se a resposta é negativa, não vejo por que interromper o serviço, já que não saem todos de férias ao mesmo tempo, nem todos viajam, nem todos viajam ao mesmo tempo. 

6 – E no Centro Espírita Amor e Caridade, de Bauru, do qual você participa?

O CEAC tem 91 anos. Ainda que com a redução de voluntários, no final do ano, jamais interrompeu as reuniões públicas, em época alguma. Imaginemos um faroleiro entrando em férias e desligando o farol, deixando navios se arrebentarem nos recifes. Imaginemos quantos “navegantes” dos mares agitados da Terra arrebentam-se nos recifes do desespero e do desajuste, porque o “faroleiro espiritual” entrou de férias.

7 – Consideremos, hipoteticamente, que todos os servidores do Centro entrassem em férias simultaneamente. Como sustentar o serviço?

Aqui é preciso considerar o grau de envolvimento do servidor com sua tarefa. Sempre haverá companheiros que, embora de férias, podem participar das atividades do Centro, a não ser que conjuguem férias profissionais com férias no serviço espiritual. A obrigação profissional pode cansar o homem, mas o serviço espiritual será sempre o alento da alma. Nesse particular, quem se cansa de servir, está mal servido de ideal.

8 – Em relação aos festejos carnavalescos há Centros Espíritas que suspendem reuniões públicas e reuniões mediúnicas, sob a alegação de que o ambiente fica muito pesado.

Estão equivocados. Nesses períodos mais conturbados, em que o hedonismo, a busca de prazer toma de assalto as multidões, favorecendo influências espirituais perturbadoras, precisamos de grupos voltados para os valores espirituais, sejam católicos, evangélicos, budistas, espíritas, adeptos conscientes e sinceros de qualquer religião. Quando se estendem as trevas, é imperioso sustentar a luz.

Richard Simonetti

sábado, 23 de dezembro de 2017

Confraternização Temática: O Verdadeiro Sentido do Natal VI - 2017

Trabalho Maria de Nazaré
Centro Espírita Augusto Elias da Silva
Confraternização de Natal 2017 – Prática Assistencial no Lar de Idosos

Data: 17/12/17
Local: Lar de Idosos
Responsável: Todos os trabalhadores, colaboradores, assistidos, crianças e jovens.
Objetivos:
- Exaltar a figura de Jesus, que é o caminho, a verdade e a vida, compreendendo que o verdadeiro sentido do Natal que é a doação pessoal.
- Confraternizar com os idosos do lar refletindo em torno de nossos problemas e dificuldades que são mínimos em relação ao de muitos infortúnios ocultos: abandono, tristeza e depressão.
- Promover o assistido à condição de assistir aquele que mais precisa.

Programação da Atividade de Prática Assistencial no Lar de Idosos:

• 08:00 às 08:20 – Música e Prece. Reunião de acolhimento no Centro Espírita para maiores esclarecimentos e orientações quanto à visita ao Lar de Idosos. Distribuição dos nomes do Amigo Oculto especial e divisão das equipes para Escuta Sensível. Lembretes importantes para todos em relação aos cuidados que devemos ter durante a visita:
1. Estar sempre entrosado com o grupo de trabalhadores e idosos, sempre em vibração harmoniosa e em prece.
2. Manter conversas edificantes evitando perguntas sobre os familiares dos abrigados ou prometer objetos e presentes.
3. Apenas recolher frutas do local, quando for autorizado, ao final da atividade, mantendo a limpeza do local e higiene.
4. Evitar fumar no local da atividade.
• 08:20 às 08:50 – Deslocamento para o local da prática assistencial.
• 08:50 às 09:20 – Distribuição de crachás previamente preenchidos, música e prece, café da manhã para todos. Recolhimento do lixo descartável.
• 09:20 às 09:50 – Boas vindas. Alegria Cristã: Jorge Bruno e equipe de músicos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do Gama: Rainan e equipe que fizeram a diferença nesse nosso evento desse ano, um show de músicas dançantes e convidativas. Nosso agradecimento especial a vocês!!! Ano que vem tem mais!!!


• 10:10 às 10:50 – Momento de Escuta Sensível já preparando para o amigo-oculto. Conversa fraterna com todos que já foram previamente definidos, bem como os demais idosos do local.

• 10:50 às 11:20 - Conversa sobre o Natal com Jesus – Cíntia Padilha.

• 11:20 às 11:40 - Amigo-Oculto Especial: Os trabalhadores, crianças e jovens, das equipes já traçadas, vão entregar para cada idoso (uma camisola ou uma camisa gola polo). (No momento a instituição possui 21 internos.) Ver orientações sobre como realizar o Amigo-Oculto-Especial aqui nas postagens do no nosso novo blog: www.jardineirasdeplantao2.blogspot.com











• 11:40 às 11:50 – Apresentação dos Trabalhadores: Natal todo dia!! Balé: Ave Maria com o grupo do Samaritano infantil.




• 11:50 às 12:40 – Prece de Encerramento . Almoço coletivo.
• 12:50 às 13:10 – Deslocamento de retorno para o Centro Espírita.
• 13:10 às 13:20 – Pausa para beber água, ir ao banheiro e avaliação da nossa prática assistencial do dia e prece.
• 13:00 às 13:20 – Entrega das lembranças para as crianças e jovens nas salas de aula e arrumação geral.

* Obs: Providências a serem tomadas para o Lar de idosos:
- hinários, cd´s harmônicos, regionais, aparelhagem de som e microfone.
- lembranças: Edson e Lenir para o Amigo-oculto-especial.
- lanche: bolos, pães de queijo, suco, pratos e copos descartáveis.
*Equipes de trabalho:
Coordenação da prática assistencial: Edson de Holanda e Antônio Cardoso
Comissão de Alegria e cobertura fotográfica do evento: Lenir, Jorge Bruno e demais trabalhadores
Comissão de Disciplina: Antônio, Willamis, Mário.
Comissão da Cozinha: Edson, Silvani, Edna e Guete.
"Em nome do amor fraternal, Madre Tereza superou obstáculos tidos como intransponíveis, para ajudar aos irmãos de Calcutá, e fez-se respeitada no mundo inteiro. São dela estas palavras:
“Não deixe ninguém vir a você sem partir melhor ou mais feliz.

Seja a expressão viva da bondade de Deus: bondade em sua face, bondade em seus olhos, bondade em seu sorriso, bondade em seu caloroso cumprimento.”