www.jardineirasdeplantao2.blogspot.com


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Decoração Junina

Como já sabem, nossa pegada é bem reciclada. Então tudo que vemos ou encontramos no lixo por aí se transforma em luxo! Primeiro foi uma armação de espelho, aliás, apenas a moldura! Como estava muito "slim", meu cunhado Antônio, gentilmente fez os recortes para transformá-lo em uma estrutura mais quadrada e ficou bem legal com os ajustes de juta e outras cositas que estavam guardadas por lá.

Nada que uma fita crepe e um grampeador de tapeceiro não resolvam!!!! 
Encontramos na internet umas plaquinhas pra usar com fotos bem interessantes. Quem tiver interesse basta solicitar por email que as envio com prazer.





Outra idéia bem simples é reaproveitar os discos de vinil. Coloque os no forno um a um sobre uma vasilha arredondada por alguns minutos somente para o plástico derreter um pouco. Retira com cuidado e já o coloca sobre uma bacia com água fria para moldá-lo. Nesse caso usamos para fazer as carinhas juninas para pendurar nas barracas, os outros serão utilizados para enfeitar a mesa com flores, violetas. Simples assim!!!! Quem disse que precisa ser caro pra ser bonito? Deus ouviu minhas preces e enviou um anjo pra me acompanhar!!!! A minha amiga evangelizadora Cirlene está me auxiliando nesse projeto. Ficaram lindos! Em outro momento fotografaremos o passo a passo dessa atividade com o disco de vinil.




Novamente em nossa vibe de reaproveitamento, a novidade é usar as caixas de leite, limpas, higienizadas para servir pipoca e canjica. Assim as pipocas não vão ficar caindo do saquinho e espalhando pelo vasilhame. Já pensou nisso? Todas as pipocas nas caixinhas de pé? Sensacional!!! Essa ideia veio pra ficar!!!!!



Carretel de fios? Excelente para dispor sobre a mesa arranjos, enfeites, doces.... Em breve! Essa fotografia!

Nada que um retalho de juta ou TNT não transforme em um suporte chique!!!

Nossas placas de indicação de barracas também serão suspensas em cabides. Já pensou em outra utilidade pra ele? Pense! Repense! Crie! Inove! Afinal, "nada se perde, tudo se transforma." Novamente os dotes da Cirlene! Criatividade em pessoa!


Essas flâmulas podem ser utilizadas para vários fins de identificação. Ainda estamos finalizando os detalhes e vamos acrescentar um peso embaixo para o vento não servir de empecilho!!!
É preciso envolver o próprio grupo nas propostas de trabalho. Isso também é laborterapia!!











Meu agradecimento especial a esses meninos e meninas da evangelização infantil e da mocidade que contribuíram significativamente para confecção dos materiais da decoração da nossa festa junina. 
Por isso é importante começar a planejar beeeeeeeeem antes! 
Valeuuuuuuuuuuu!!!!!!

Vamos aproveitar pallets para construção das nossas barraquinhas!!! Muitos são jogados fora e no entanto são tão úteis!
Obrigada Antônio e equipe da Divulgação do Centro Espírita Augusto Elias da Silva!!! Quando fazemos algo para o outro, fazemos como se fosse pra nós mesmos ou para nossa família. Esse é o nosso lema!!

Confraternização de abertura do 2º semestre: Festa Julina Folclórica 2017

Centro Espírita Augusto Elias da Silva
Trabalho Maria de Nazaré
Dia: 30/07/2017
Local: Salão coberto maior . 9:00 horas

A ideia é fazer o “Dia da Família Folclórico”, privilegiando nossa cultura brasileira, convidar as famílias das crianças, jovens e assistidos para esse evento no Centro Espírita Augusto Elias da Silva.
Objetivos:

  • ·         Confraternizar fraternalmente com a equipe de trabalho do Centro Espírita bem como crianças, jovens, adultos e suas famílias num clima de alegria e amizade.
  • ·         Conhecer as raízes do folclore brasileiro por meio de brincadeiras diversas e sua influência e tradicional em nosso dia a dia.




Início com a distribuição de chapéus junino de dobradura para as meninas, detalhes nos chapéus, e lenços coloridos no pescoço dos meninos, maquiagem, prece de abertura, boas vindas e todos no círculo batendo palmas e dançando ao som do som tradicional instrumental de quadrilha. Ao comando dado, todos deverão cumprir as ordens: (quadrilha improvisada rápida: passeio, forró, túnel, cavalgada... carrossel e despedida)

CERIMONIALISTAS: (ANTÔNIO E LENIR)

CERIMONIALISTA – Bom dia! Vocês pensam que acabou? Não!!! Sejam todos bem vindos ao nosso arraiá da Famia Augusto Elias. Vocês sabiam que o folclore está presente em nossas vidas desde que nascemos? (deixa o pessoal interagir e responder) Isso mesmo!!! Crendices populares, lendas, danças, provérbios e adivinhações... São alguns dos elementos que compõem o rico e popular folclore brasileiro. Vamos nos organizar em dois grupos para nossa gincana familiar.

1º Desafio – Cada grupo vai escolher uma cantiga de roda para compor um grito/paródia de paz familiar, vão cantar e dançar, só que necessariamente na canção precisam conter as palavras: confraternização, família e Jesus.

CERIMONIALISTA – Muito bem! No decorrer de nossa esta haverá provas relâmpagos que dobrarão os pontos da equipe. Ao ouvirem esse som de CATIRA ou CATIRETÊ um representante de cada grupo virá aqui para responder uma adivinhação. Caso acertem a resposta, o grupo dobra a contagem de pontos já adquiridos, desde que todos do grupo venham no tablado pra dançarem juntos, no ritmo da canção, serão observados nesse momento, a alegria, união e participação coletiva do grupo. Então vamos lá!!! 

###PROVA RELÂMPAGO###SOM DE CATIRA: O QUE É O QUE É...PORQUE O GATO MIA PARA A LUA E A LUA NÃO RESPONDE? ( PORQUE ASTRO NÃO MIA)

2º Desafio  – Pergunta/Resposta: Quem sabe dizer o que é feito/transmitido aos bebês de geração em geração para fazê-los dormir? (CANÇÃO DE NINAR) Escolher dois jovens, um de cada grupo pra correr até certo local pra responder a pergunta no papel. [providenciar pincel atômico e papel para as respostas.]

###PROVA RELÂMPAGO###SOM DE CATIRA: O QUE É O QUE É... QUE DÁ O CRUZAMENTO DE UMA GIRAFA COM UM PAPAGAIO? (ALTO-FALANTE )

3º Desafio  – Os grupos vão se organizar pra juntos montarem uma carta enigmática. O grupo que montar primeiro, sem erro e ler coletivamente o texto.


CERIMONIALISTA – No Brasil, o folclore foi resultado da miscigenação de três povos: indígena, português e africano e da influência dos imigrantes vindos de diversas partes do mundo. Parabéns pra todos! Por isso, se preparem para a próxima atividade.

4º Desafio – Decifrar os ditados populares em emoticons em um tempo determinado. Distribuir cópias com as imagens, papéis e canetas.

###PROVA RELÂMPAGO###SOM DE CATIRA: O QUE É O QUE É... COMO O CACHORRO FICA QUANDO ESTÁ DESCONFIADO? (COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA )

CERIMONIALISTA – Muito bem, ainda quando bebês, somos marcados por costumes e tradições que carregamos por muito tempo. Quem aqui já tomou um chá que a vovó ou a mamãe lhe deu quando reclamam de alguma dorzinha? Isso também é cultura popular!

5º Desafio -  Colocar o nome da erva medicinal na figura correta. (figura da planta com o nome correto.) cidreira, marcelinha, erva doce, poejo, capim santo. [providenciar figuras e nomes das ervas medicinais.]

CERIMONIALISTA – Viram como toda crendice popular faz parte do folclore? Alguém sabe alguma curiosidade da vovó quando o bebê troca a noite pelo dia? (deixa o pessoal interagir)

5º Desafio - Cada grupo escolherá um representante para em estilo caipira contar uma piada que fale positivamente da amizade ou da família.[recursos humanos]

CERIMONIALISTA – Trava-línguas é um tipo de parlenda com o objetivo de entreter a criança. É importante que a frase seja repetida de cor, por várias vezes seguidas e o mais depressa possível.

5º Desafio -  Dispor várias trava-linguas para que alguns escolham pra falar rapidamente.
###PROVA RELÂMPAGO###SOM DE CATIRA: O QUE É O QUE É... TEM OITO LETRAS E TIRANDO A METADE AINDA FICAM 8? ( BISCOITO)

CERIMONIALISTA – Contar histórias é uma tradição milenar. Ensinar por meio da fala foi, é e provavelmente mais importante da humanidade. Nossos antepassados se sentavam ao redor da fogueira para educar, divertir e “botar medo na garotada”.

5º Desafio -  Colocar 3 pistas em formato de figuras para que cada grupo descubra sobre que CONTO DE FADAS se fala:[providenciar cartazes com figuras ilustrativas para cada lenda.]

·         GATO DE BOTAS – ANIMAL – SAPATOS – OVOS PRECIOSOS
·         CHAPEUZINHO VERMELHO – MENINA – COR - VOVÓ
·         OS TRÊS PORQUINHOS – NÚMERO – ANIMAIS - CONSTRUÇÃO
·         A BELA E A FERA – BICHO – FLOR - PRINCESA

###PROVA RELÂMPAGO###SOM DE CATIRA: O QUE É O QUE É... QUE É A MELHOR MANEIRA DE CALAR O MUNDO? ( TIRANDO O N ENTÃO FICA MUDO)

CERIMONIALISTA – Quem já brincou de pedra, papel e tesoura? Seu lobo tá ai?  5 marias? Baliza? Adivinhações, cantigas de roda. Infelizmente quando crescemos um pouco mais começamos a nos preocupar e nos interessar por outras coisas. As brincadeiras e os brinquedos mudam

5º Desafio -  Escolher 7 pessoas de cada grupo para formar uma coluna, o primeiro de cada grupo pegará 5 balizas, pedras e logo depois vai passar amendoins com casca, sem deixar cair, de mão em mão, até acabar o tempo estipulado, sem deixar cair nenhuma. [providenciar 4 vasilhas de plástico e amendoins com casca, pedras.]

CERIMONIALISTA
###PROVA RELÂMPAGO###SOM DE CATIRA: UM HOMEM TINHA QUE ATRAVESSAR UMA PONTE. ELA SÓ AGUENTAVA 60 KG. SEM A ROUPA, ELE PESAVA 60 KG. COMO ERA UM HOMEM PREVENIDO, RESOLVEU PASSAR A PONTE PELADO. MAS, MESMO ASSIM, A PONTE CAIU, PORQUE? ( PORQUE UM HOMEM PREVENIO VALE POR DOIS )

5º Desafio -  Descubra a palavra: Chama 3 pessoas de cada grupo, para pronunciar em tom alto, uma sílaba de cada palavra conjuntamente para o outro descobrir. Ao sinal, os participantes falam suas respectivas sílabas, simultaneamente, gerando um som misturado. Cada grupo terá a oportunidade de escutar por 3 vezes para dizer a palavra.

BAN- DEI – RA                QUA- DRI – LHA                  FO- GUEI- RA                    CAI – PI - RA

CERIMONIALISTA – Cada canto do mundo tem seus provérbios, seus ditados, criados apartir dos costumes e das tradições de cada sociedade. E são também passados de boca em boca, com vários significados e conselhos para as pessoas.

5º Desafio -  Adivinhar as expressões idiomáticas da nossa língua portuguesa por meio das figuras que serão apresentadas. O representante de cada grupo que pegar o microfone e dizer corretamente ganha ponto. (chá de cadeira, trocar os pés pelas mãos....)

CERIMONIALISTA – Chegou a hora da fogueira!!! É noite de São João, o céu fica todo estrelado, fica todo iluminado pintadinho de balão. Quanta alegria!!! Quanta confraternização!! O Centro Espírita Augusto Elias da Silva agradece a presença e a participação de todos nesse evento. Quem tá animado aqui minha gente?

6º Desafio -  O desafio de agora é a dança, mas não é qualquer dança, é catira minha gente, todos juntos em círculo vão acompanhar os passos dos nossos dançarinos, mas pra triplicar a pontuação tem que caprichar minha gente!!! Todos juntos com muita alegria e animação. (COLOCAR O SOM DE CATIRA PARA OS DANÇARINOS CATIRETEIROS)

Volta a calma, técnica de respiração, todos juntos abraçados, canta uma música e faz a prece e em círculo distribuem-se as fichas para participação nas brincadeiras nas barracas e alimentação.

Materiais necessários: (Lenir e equipe)
·         Disponibilizar painel moldura e placas pra fotos
·         Som de catira instrumental e vídeo (testar antes)
·         Pincéis atômico e papel para as respostas
·         Cadernos de cerimonial com cópias
·         Carta Enigmática
·         Ditados populares em emoticons
·         Trava-línguas
·         Identificação das ervas medicinais e nominações
·         Figuras que representam expressões idiomáticas da língua portuesa
·         Amendoins e pedras

BRINCADEIRAS: PESCARIA E BOCA DO CHICO = Rosimere e Elaine, Cris e Andréia. Supervisão da Cirlene.
CANJICA E PIPOCA – Lucia, Willamis e Tony
CACHORRO QUENTE E REFRIGERANTE – Mário, Cíntia e Acrecilda
Fotografia – Antônio, Edson, Cíntia e Lenir